Compartilhe
Ir em baixo
Admin
Mensagens : 24
Data de inscrição : 19/01/2018
Ver perfil do usuáriohttp://chb-team.directorioforuns.com

Ethan King (Morto)

em Ter Out 30, 2018 9:23 pm




Ethan King




Dono do Personagem: João Pedro (JPZ)


Data de Nascimento: 10 de Outubro de 2000.

Data da Morte:
02 de Outubro de 2018 (17 anos).

Arsenal do Semideus:


Um apito mágico que Ethan possuía dês de que era criança. Toda vez que ele soprava o apito se transformava em uma arma que fosse do seu desejo, tendo apenas oito possibilidades de transformações, sendo essas: - Espada, Arco e Flecha, Faca Kukri, Foice, Bastão Bo, Machado Leve, Chicote e Mangual


Bençãos Divinas:
Nenhuma.


Missões Concluídas:
2


Cargos:
Nenhum.


Torneios Concorridos e Vencidos: 0/0

Equipe: Khaos.


Personalidade:


Ethan é totalmente calmo, ele não apresenta nenhuma expressão de suas emoções, porquê ele não tem. A vida inteira de Ethan ele não sentiu nem expressou sentimentos, sendo uma pessoa totalmente equilibrada, tanto que as pessoas contam piadas ou são sarcásticas com ele e ele não entende. Todas as notas deles são na média, e quando alguém faz alguma coisa que ele julga errado ele faz essa pessoa pagar de alguma forma.
Em tudo que ele fazia ele era o líder do grupo, pois ele consegue manter todos os membros calmos e ligados, ele é muito rápido e ágil, mas sua resistência e força são horríveis, naturalmente ele tem domínio sobre qualquer tipo de armas brancas, mas não é um expert em nenhuma delas ele só sabe usa-las bem, ninguém gosta ou desgosta dele, assim como ele não tem afeto por ninguém, mas sabe dar valor as pessoas q o tratam bem.

História:

Ethan é um órfão que mora no canada, sua vida inteira nunca ligou muito para nada, nunca se emocionou com nada, nunca teve uma relação forte com ninguém, e isso de certa forma o deixava confuso, pois sempre que tentava proteger uma pessoa que já o tinha tratado bem ele usava força demais ou exagerava, e todo olhavam para ele com medo e insegurança, assim ele decidiu que era melhor não se envolver com nada, mas isso mudou completamente quando um casal dos EUA veio e o adotou. Quando já tinha terminado sua mudança para a nova casa, que ele ainda achava estranho, foi para o seu primeiro dia da escola, e no caminho ficou pensando nos novos pais, e em como ele poderia finalmente criar algum laço, desenvolver alguma emoção, pois eles não eram ruins, peço contrário eram muito atenciosos e dóceis, Ethan de certa forma estava feliz com esse novo começo de vida. Ao chegar na escola ele se deparou com três valentões logo de cara, e achou meio estranho eles terem feições meio monstruosas, mas achou que era bobagem pois ninguém na escola estava incomodado, assim ele passou o dia inteiro desviando deles para não arrumar confusão. Assim o seu primeiro dia foi relativamente bem, nada de especial aconteceu.

Voltando para casa ele se deparou com os três valentões, que queriam bater nele, mas como Ethan era muito mais rápido e ágil conseguiu desviar deles rapidamente, assim foi indo para casa, mas infelizmente não se lembrava muito bem onde era a casa por isso demorou um bom tempo para achar o caminho, quando achou finalmente na frente da sua nova casa, ele sentiu uma emoção que nunca tinha sentido antes, a felicidade, mas isso foi destruído quando ele entrou em casa e viu seus pais mortos em uma piscina dó próprio sangue deles, e comendo a carne deles estavam três criaturas hediondas, neste momento Ethan experimentou outro sentimento novo, o puro ódio, assim ele se jogou para os monstros em fim de vingar as pessoas que conhecia a pouco tempo, mas já o conquistaram.

Mesmo Ethan sendo muito mais rápido e ágil que os monstros, ele estava tomando uma surra, até que uma hora por algum motivo ele pegou o seu apito que esteve sempre com ele e o apitou, assim fazendo ele se transformar em um grande arco e flecha negro, assim Ethan depois do momento de surpresa pegou seu arco e foi brincar com os monstros, sim brincar, ele fez os monstros sofrer ante de os matá-los.

Assim ficou Ethan toda a noite até o amanhecer, todo ensanguentado e exausto vendo os corpos dilacerados de seus pais, até que uma hora chega uma criatura com pés de cabra em sua casa, a criatura parecia gentil e falou para ele que era para o seguir, que o levaria para um lugar seguro, não tendo mais nada nesta casa e nesta cidade, Ethan não viu o porquê não ir.

Assim que chegou no acampamento, ele ficou completamente sozinho, mais uma vez. Se passaram várias semanas, mas ninguém falava com ele, ele mesmo não sabia quem era seu progenitor divino. Mas um dia, quando foi a noite para arena, uma filha de Ares, Avesper Lynd, o ajudou a se encontrar. Quando soube que era filho de Nêmeses, algumas coisas começaram a fazer sentido. Mas quando foi em sua primeira missão, ele foi ingênuo e fraco, perdendo o braço por um semideus romano. Com isso Ethan conseguiu seguir um pouco mais em frente, um passo de cada vez. Até que um dia ele encontrou Jade, filha de Poseidon, e com ela Ethan pode sentir o amor pela primeira vez, que pode sufocar o ódio que tinha sentido quando perdeu seus pais adotivos. Ele estava conseguindo o que ele sempre quis, criar um laço de verdade com alguém.

Mas era com outra pessoa ele iria sentir isso. Crystal, filha de Éris, se tornou a melhor amiga de Ethan, e foi para ela que ele pode desabafar de tudo, e sentir pela primeira vez a tristeza, e o sofrimento que isso leva. Crystal serviu como os sentimentos de Ethan, já que ele não os tinha geralmente, apenas por alguns momentos específicos. E assim se formou uma amizade, que eles se viam até como irmãos.

Estava tudo indo bem, quando de repente, ocorreu uma invasão no acampamento, Avesper tinha sido raptada. Vários campistas se juntaram para parar o invasor e resgatar Avesper. É claro que Ethan foi junto, não iria deixar a pessoa que o mostrou o caminho ir sem mais nem menos. Mas o invasor era forte de mais, ele simplesmente trucidou o filho de Nêmeses, o fez sentir desespero pela primeira vez, se sentir inútil sem poder fazer nada pelas pessoas que ele ama. Mas mesmo sentindo tudo isso, ele seguiu em frente, pois agora tinha pessoas que podia contar.

Ethan segui um belo caminho de justiça e equilíbrio, até o dia que ele decidiu ir em uma missão de resgate, junto de Crystal e outros semideuses. Indo para Grécia, que os recepcionou com um monstro muito perigoso. Mas com esforço e com a ajuda do Veterano Harvey, conseguiram derrotar a criatura. Mas o que iria mudar todo o rumo da vida de Ethan aconteceu em seguida, que ao responder errado sobre um enigma, o garoto perdeu a memória sobre todo o acampamento e as pessoas de lá. Inclusive Crystal.

Mesmo com a memória perdida, Ethan se esforçou na missão, pois via que todos ali estava, e também não tinha como ir para nenhum lugar. Lutou e resistiu bravamente contra o filho de Zeus que estava sendo controlado por Criasor, e no final Harvey conseguiu finalizar e a missão foi concluída com o resgate de Aurora Dantas. Voltando para o acampamento, Ethan mais perdido do que nunca, testemunhou o veredito de traição, e deu sua opinião. Mas ainda não se sentia incluso, tentou por um tempo conversar com outras pessoas, mas nada adiantava. E foi nessa época que Ares ocupou o acampamento. E foi aí onde, Ethan King se transformou em outra pessoa que ele era.

No dia da ocupação de Ares, uma mulher veio até Ethan e o deu a oportunidade de vir para o lado opositor, isso significava trair o acampamento. Ele pensou muito sobre o que fazer, mas infelizmente, com toda a ocupação de ares, ele viu o pior lado dos deuses, e com isso decidiu trair o acampamento. Mas antes de ir, Ethan e Crystal tem uma luta, que faz a cria de Nêmeses quase matar a de Éris, mas Bernard, que já tinha falado com Ethan e gostado do rapaz, interferiu. E nesse momento as forças de Ethan aumentaram, pela escuridão que agora o dominavam. Com esse novo poder, vence com facilidade o filho de Zeus. Escapando do acampamento logo em seguida. Com isso ele serviu os opositores, sendo fiel a eles. Mas no final, ele serviu apenas de experimento de radiação, sendo injetado nele pura radiação. Assim morrendo.

No final existiu dois Ethans. Um voltado para a justiça e o equilíbrio, e outro voltado pela vingança e raiva. Ninguém sabe o que seria dele se não tivesse as memórias apagadas, mas uma coisa é certa. Ethan King se encontrou e teve o que mais desejou, uma pena que ele mesmo esqueceu disso.

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum